Por que ALETHEA?

Ao longo desses anos muitas vezes nos perguntamos, como equipe de psicólogas que somos, 

“O que há em comum entre nós?”, “O que nos une?”

A resposta vem se desenhando aos poucos, com o tempo e como em todo bom encontro.

O que podemos dizer, por enquanto, é que somos profissionais apaixonadas e atentas ao ser humano, a acolher cada pessoa como um ser único, imprescindível e cheio de potenciais, muitas vezes escondidos pelas dificuldades e sofrimentos.

Oferecemos  nossa escuta e presença, como um espaço  de encontro, nosso com cada um, cada um consigo mesmo.

Isso motivou nossa escolha pelo nome ALETHEA (Aletheia), do grego, que significa o “não oculto”, 

“não escondido”, “não dissimulado”.

ALETHEA, na Mitologia Grega, é o espírito que personifica a verdade e a sinceridade.

A – negação

LETHE – esquecimento

“Nossa” ALETHEA é ESPAÇO de ACOLHIMENTO, para que cada um descubra o caminho de volta, onde não há esquecimento de si mesmo.

Nossa convicção é a de que o processo terapêutico permite esse encontro, com a verdade própria de cada um, seu sentido único, tanto quanto ele consiga se revelar.

Corpo e mente expressam e expressarão esse sentido e, também, o que o esconde. Nosso olhar estará aí, no ser integral.

ALETHEA, então, é também CAMINHO.

Caminho a se trilhar junto, com atenção e afeto ao expressado, para que o esquecido possa ser reavivado, para que o escondido possa se desvelar, para que cada um se descubra o quanto possível, naquilo que é único e cheio de sentido, para que o difícil da vida, o que falta e dói, não se torne impedimento definitivo para a experiência que se quer viver.

A verdade é de cada um, e é dinâmica.

O espaço é conjunto.

No encontro.  Na escuta. No acolher: ALETHEA.